4 minutos de leitura

A Dieta Cetogênica e seus Resultados Prognósticos Positivos no Tratamento do Alzheimer

Publicado por

 O Alzheimer é uma doença neurodegenerativa progressiva que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Atualmente, não existe uma cura definitiva para o Alzheimer, mas pesquisas recentes têm demonstrado que a dieta cetogênica pode oferecer resultados prognósticos positivos no tratamento dessa condição.

 

Neste artigo, discutiremos a relação entre a dieta cetogênica e o Alzheimer, explorando os benefícios dessa abordagem alimentar e como ela pode auxiliar na melhora dos sintomas e na qualidade de vida dos pacientes.

 

A dieta cetogênica e seus princípios básicos: A dieta cetogênica é um tipo de dieta de baixo teor de carboidratos e alto teor de gorduras saudáveis, com consumo moderado de proteínas.

Seu principal objetivo é induzir um estado metabólico chamado cetose, no qual o corpo utiliza principalmente as gorduras como fonte de energia, em vez dos carboidratos.


Ação da cetose no cérebro: Ao adotar a dieta cetogênica, ocorre uma redução significativa do açúcar no sangue e uma diminuição da disponibilidade de glicose como fonte de energia para o cérebro.

Isso leva o organismo a produzir corpos cetônicos, substâncias derivadas da gordura, que podem atravessar a barreira hematoencefálica e fornecer uma fonte alternativa de energia para as células cerebrais.


Efeitos neuroprotetores: Estudos em animais e humanos têm demonstrado que a dieta cetogênica pode ter efeitos neuroprotetores no cérebro.

Os corpos cetônicos podem fornecer uma fonte de energia mais eficiente para as células cerebrais, protegendo-as contra o estresse oxidativo e a inflamação, processos que desempenham um papel importante no desenvolvimento e na progressão do Alzheimer.


Redução da resistência à insulina: A dieta cetogênica também tem sido associada à melhora da sensibilidade à insulina e à redução da resistência à insulina, uma condição comum em pessoas com Alzheimer. A resistência à insulina interfere no metabolismo cerebral e está relacionada ao acúmulo de placas de proteínas beta-amiloide, características da doença de Alzheimer.


Resultados prognósticos positivos no tratamento do Alzheimer:


Melhora da função cognitiva: Estudos clínicos têm mostrado que a dieta cetogênica pode melhorar a função cognitiva em pacientes com Alzheimer.

Pacientes submetidos à dieta cetogênica relataram uma diminuição dos sintomas de confusão mental, perda de memória e dificuldade de concentração. Além disso, alguns estudos demonstraram uma melhora significativa nos testes de função cognitiva em indivíduos que adotaram a dieta cetogênica.


Redução da inflamação cerebral: A inflamação crônica no cérebro desempenha um papel importante na progressão do Alzheimer. A dieta cetogênica tem sido associada à redução da inflamação cerebral, o que pode ajudar a retardar a progressão da doença e melhorar os sintomas. Estudos em animais mostraram uma diminuição nos marcadores inflamatórios no cérebro de ratos alimentados com dieta cetogênica.

 

Estabilização dos níveis de glicose: A dieta cetogênica é conhecida por estabilizar os níveis de glicose no sangue, evitando os picos e quedas bruscas de açúcar.

Isso é particularmente relevante para pacientes com Alzheimer, pois o cérebro depende de uma oferta constante de energia para funcionar adequadamente. Manter os níveis de glicose estáveis pode ajudar a melhorar a função cerebral e reduzir os sintomas relacionados à flutuação dos níveis de açúcar no sangue.


Redução do estresse oxidativo: O estresse oxidativo é um processo que ocorre quando há um desequilíbrio entre a produção de radicais livres e os mecanismos antioxidantes do organismo. Esse desequilíbrio está associado ao envelhecimento celular e à progressão de doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer.

Estudos têm demonstrado que a dieta cetogênica pode reduzir o estresse oxidativo, protegendo as células cerebrais e retardando o declínio cognitivo.


A dieta cetogênica tem mostrado resultados prognósticos positivos no tratamento do Alzheimer, oferecendo benefícios como melhora da função cognitiva, redução da inflamação cerebral, estabilização dos níveis de glicose e redução do estresse oxidativo.

No entanto, é importante ressaltar que a dieta cetogênica deve ser adotada sob supervisão médica e de forma individualizada, levando em consideração a condição de saúde de cada pessoa. Além disso, a dieta cetogênica não deve ser considerada como uma cura definitiva para o Alzheimer, mas sim como uma abordagem complementar que pode auxiliar na melhora dos sintomas e na qualidade de vida dos pacientes.

 

Referências:


Taylor, M. K., et al. (2018). Ketogenic diet for the treatment of neurodegenerative disease: Is it relevant? Frontiers in Molecular Neuroscience, 11, 1-16.


Cunnane, S. C., et al. (2016). Can ketones help rescue brain fuel supply in later life? Implications for cognitive health during aging and the treatment of Alzheimer’s disease. Frontiers in Molecular Neuroscience, 9, 1-11.


Krikorian, R., et al. (2012). Dietary ketosis enhances memory in mild cognitive impairment. Neurobiology of Aging, 33(2), 425.e19-425.e27.


Fortier, M., et al. (2019). A ketogenic drink improves brain energy and some measures of cognition in mild cognitive impairment. Alzheimer’s & Dementia: Translational Research & Clinical Interventions, 5, 520-528.


Gasior, M., et al. (2006). Neuroprotective and disease-modifying effects of the ketogenic diet. Behavioural Pharmacology, 17(5-6), 431-439.


Jiang, S., et al. (2019). Ketogenic diet reduces neuroinflammation and improves cognitive functions in a mouse model of Alzheimer’s disease. Brain, Behavior, and Immunity, 81, 63-77.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 7 =

Outras Publicações

Candidíase de repetição tem cura
Você sabia que a candidíase pode e deve ser tratada de uma forma global e que leva em consideração…
Check-up Metabólico: 3 razões para agendar já o seu
Cuidar da saúde entrou para a sua lista de resoluções de fim de ano, certo?. Então, é tempo de…
Bumbum da Yasmin Brunet: saiba como turbinar o seu
Os cuidados com o bumbum são uma boa pedida para quem desejar manter a autoestima e o corpo saudável….