6 minutos de leitura

Terapia de Reposição Hormonal (TRH) na menopausa: Uma opção para todas as mulheres? Uma abordagem da saúde integrativa

Publicado por

A menopausa é uma fase natural na vida de uma mulher, marcada pela cessação da menstruação e pela diminuição na produção de hormônios femininos, como o estrogênio e a progesterona. Essas alterações hormonais podem desencadear uma série de sintomas desconfortáveis, como ondas de calor, insônia, alterações de humor e ressecamento vaginal.

Diante desses sintomas, muitas mulheres buscam tratamentos para aliviar os desconfortos e melhorar sua qualidade de vida. Neste artigo, abordaremos a terapia de reposição hormonal (TRH) na menopausa, explorando a visão da saúde integrativa e discutindo se ela é uma opção adequada para todas as mulheres.

 

Durante a menopausa, ocorre uma diminuição gradual da produção hormonal pelos ovários. Essa transição hormonal pode resultar em uma série de sintomas que variam de leves a graves, afetando a qualidade de vida das mulheres. Além dos sintomas já mencionados, a menopausa também está associada a alterações no metabolismo, perda de massa óssea e aumento do risco de doenças cardiovasculares.

 

A TRH é uma opção de tratamento para aliviar os sintomas da menopausa. Consiste na administração de hormônios, como o estrogênio e a progesterona, para substituir os níveis hormonais diminuídos durante essa fase. A TRH pode ser realizada de diferentes formas, incluindo comprimidos, adesivos, gel vaginal, injeções e implantes.

 

A visão da saúde integrativa na menopausa: A abordagem da saúde integrativa considera o indivíduo como um todo, levando em consideração aspectos físicos, emocionais, sociais e espirituais da saúde. Na menopausa, a saúde integrativa busca oferecer opções de tratamento que atendam às necessidades individuais das mulheres, considerando seus sintomas específicos, histórico de saúde e estilo de vida.

 

A decisão de fazer TRH: A decisão de iniciar a TRH na menopausa deve ser individualizada, levando em consideração vários fatores, como a gravidade dos sintomas, a saúde geral da mulher, o risco de doenças crônicas, o histórico familiar e as preferências pessoais.

Nem todas as mulheres são candidatas adequadas para a TRH, e é fundamental discutir com um profissional de saúde as opções de tratamento disponíveis, considerando os riscos e benefícios específicos para cada caso.

 

Benefícios da TRH:


Alívio dos sintomas vasomotores: A TRH tem sido eficaz no alívio dos sintomas vasomotores, como ondas de calor e sudorese noturna, que podem ser extremamente desconfortáveis e perturbar o sono.


Melhora na saúde óssea: A TRH pode ajudar a prevenir a perda de massa óssea associada à menopausa, reduzindo o risco de osteoporose e fraturas ósseas.


Melhora do bem-estar emocional: A reposição hormonal pode ajudar a melhorar os sintomas de alterações de humor, irritabilidade e ansiedade, proporcionando um maior bem-estar emocional durante a menopausa.

Riscos e considerações:


Risco de câncer de mama: A TRH está associada a um aumento do risco de câncer de mama, especialmente quando utilizada por um longo período. Mulheres com histórico pessoal ou familiar de câncer de mama podem ter uma avaliação mais cautelosa dos riscos antes de iniciar a TRH.


Risco de doenças cardiovasculares: Estudos mostraram uma associação entre o uso prolongado da TRH e um aumento do risco de doenças cardiovasculares, como doenças cardíacas e derrames. É essencial avaliar os fatores de risco cardiovascular individuais antes de iniciar a TRH.

 

Alternativas à TRH: Para mulheres que não são candidatas adequadas à TRH ou que desejam evitar a reposição hormonal, existem outras opções de tratamento para aliviar os sintomas da menopausa.

Essas opções incluem terapias não hormonais, como fitoterapia, acupuntura, mudanças na alimentação, suplementação nutricional e estilo de vida saudável, que podem ser exploradas com a orientação de profissionais de saúde.

A decisão de fazer a TRH na menopausa deve ser individualizada, levando em consideração os sintomas, a saúde geral e os riscos específicos de cada mulher.

A visão da saúde integrativa enfatiza a importância de considerar o paciente como um todo, levando em conta suas necessidades e preferências individuais. Além da TRH, existem outras opções de tratamento que podem proporcionar alívio dos sintomas da menopausa, sem a necessidade de reposição hormonal.

 

É fundamental que as mulheres busquem a orientação de profissionais de saúde qualificados para discutir suas opções e tomar uma decisão informada sobre a terapia mais adequada para elas. A saúde integrativa oferece um leque de abordagens complementares que podem ser combinadas para promover uma transição saudável através da menopausa e melhorar a qualidade de vida.

 

Referências:


North American Menopause Society. (2017). The 2017 hormone therapy position statement of The North American Menopause Society. Menopause, 24(7), 728-753.


Baber, R. J., et al. (2016). IMS recommendations on women’s midlife health and menopause hormone therapy. Climacteric, 19(2), 109-150.


Muka, T., et al. (2016). Association of age at onset of menopause and time since onset of menopause with cardiovascular outcomes, intermediate vascular traits, and all-cause mortality: A systematic review and meta-analysis. JAMA Cardiology, 1(7), 767-776.


National Institutes of Health. Office of Dietary Supplements. (2021). Vitamin D: Fact Sheet for Health Professionals. Retrieved from https://ods.od.nih.gov/factsheets/VitaminD-HealthProfessional/


Kronenberg, F. (2014). Hot flashes: Epidemiology and physiology. Annals of the New York Academy of Sciences, 1310(1), 86-94.


Stuenkel, C. A., et al. (2021). Treatment of symptoms of the menopause: An Endocrine Society Clinical Practice Guideline. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, 106(3), 699-728.


Baber, R. J. (2014). Menopause and cardiovascular disease: The evidence. Climacteric, 17(Suppl 2), 19-24.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

Outras Publicações

Candidíase de repetição tem cura
Você sabia que a candidíase pode e deve ser tratada de uma forma global e que leva em consideração…
Check-up Metabólico: 3 razões para agendar já o seu
Cuidar da saúde entrou para a sua lista de resoluções de fim de ano, certo?. Então, é tempo de…
Bumbum da Yasmin Brunet: saiba como turbinar o seu
Os cuidados com o bumbum são uma boa pedida para quem desejar manter a autoestima e o corpo saudável….